• MEU_TRABALHO

Jung e os sonhos

 

Podemos dizer que os sonhos são “AS JANELAS DA ALMA”. Através deles podemos “ver” o que se passa no inconsciente de uma pessoa no momento em que determinados sonhos aparecem.

Muitas vezes, não entendemos qual o sentido de algumas situações pelas quais passamos. É como se a nossa compreensão não “desse conta” de nos dar respostas a respeito de quem somos, o que estamos fazendo com nossas vidas, o que a vida está querendo nos dizer a respeito de nós mesmos.

Os sonhos trazem, através de uma linguagem simbólica, notícias do processo que estamos vivendo internamente e do qual, na maioria das vezes, não temos consciência. Por isso, Jung se utilizou muito dos sonhos na análise com seus pacientes e nos deixou esse precioso recurso de aproximação da consciência com a realidade inconsciente de cada um de nós. É através dos sonhos que a psique busca um equilíbrio, isto é, há uma tentativa de tornar conscientes conteúdos inconscientes que podem ajudar a pessoa a compreender determinado momento de vida.